aquele sobre o primo basílio

Toda uma beleza na literatura erótica, toda uma internet cheia de pornografia de qualidade e acessível, mas eu fui ficar com tesão pela primeira vez na vida lendo “O primo Basílio”, do Eça de Queirós. Muito mais do que imagens e sons, o sexo solitário,…

aquele sobre humor

Todo mundo fala de humor, consome humor, faz humor, endossa humor. Mas poucas pessoas sabem o que é humor. No Brasil de hoje o humor é usado principalmente como forma de relaxar, de fugir da rotina, de obter um riso no meio do dia. O…

aquele sobre meu namorado morar com duas mulheres, e eu, com um homem

A situação atual é a seguinte: eu estou morando com um amigo, homem, dividindo apartamento, contas e contrato de aluguel. E o meu namorado mora dividindo contas e teto com duas amigas. Jamais nos questionamos sobre nenhum aspecto desse contexto nas nossas vidas. As coisas…

aquele sobre as cadeiras de rodas

Daí ontem navegando no facebook vi vários amigos compartilhando uma imagem de uma tal loja de cadeiras de madeira. O anúncio dizia que comprando uma dessas cadeiras de madeira, você ajudaria na doação para a compra de cadeiras de roda para quem precisa. Achei super…

aquele sobre os credos do mundo

Tempos que eu não escrevo aqui. Estava levando uma vidinha ali naquelas, trocando de namorado, de emprego – e em breve, de casa de novo, quem sabe? -, viajando muito. Soube da morte de alguém legal ontem, e foi esquisito, já não é mais como…

relacionamentos: o descaso na amizade

Daí que tinha o Ricardo. Namorava o Felipe, e era melhor amigo do Vinícius. Todos cariocas, moravam em São Paulo para ficar mais perto daquele ambiente cosmopolita urbano mal-cheiroso das revistas de moda, que gostavam tanto. O Vinicius trazia meninos e meninas ocasionalmente para dormir…

relacionamentos: a falta de conversa

Ana gostava de Vinícius. Eles ficaram, transaram, e dois meses depois começaram a namorar. Vinícius tinha aquela mania ridícula de falar mal da roupa das pessoas na rua. Começou discretinho, rindo dos óculos rayban dos hipsters-wannabe que andavam pela Augusta na sexta a noite, e…

aquele em que vi a letra escarlate em mim

Nunca foi fácil dizer para as pessoas que você é feminista. Uma vez li o livro Depois daquela Viagem, e em algum trecho a autora, portadora do vírus da AIDS, no auge do seu sofrimento por não contar para ninguém sobre sua doença-tabu, olha para…

aquele em que eu pulei o portão para entrar no show

O cansaço da abertura para o diálogo está me matando aos poucos. Ando sempre exausta de ouvir “você é muito radical”, ou mesmo “sua opinião não conta porque você é radical”, é como se não aceitar o status quo automaticamente desqualifique minha opinião para discutir…

aquele em que eu sonhei com a tatuagem e depois a fiz

Uma tatuagem não acabada no meu braço. Não sei o que aconteceu dessa vez. Eu estava lá sentada, aquele som familiar de motor de agulha de tatuador zumbindo no meu ouvido. Às vezes eu queria chegar mais perto do tubo de tinta para saber que…